“… transformam o país inteiro num puteiro, pois assim se ganha mais dinheiro… ” (Cazuza em O Tempo não Para)

Um hábito que eu não tenho, fazem anos, é ficar assistindo televisão aberta. Ou mesmo tv paga. Outro hábito, mais recente (em torno de 14 anos) é dar risada da estupidez e da irracionalidade da espécie humana… o tal homo sapiens… e, claro, da tal “mulher sapiens” da era dilmaroussefPTliana.

Os canais abertos não dão motivos para serem críveis. E forçam goela abaixo uma programação onde pelo menos 40% impera o marketing. São gratuitos, o que nos tornam o produto a ser oferecido… e dá-lhe propaganda. O canal do concorrente do Papa, por exemplo, faz propaganda durante o programa… foi um dos canais pioneiros nisso. Já atualmente, todos, inclusive os canais “culturais” mantidos por governos estaduais, também estão recheados disso.

Os canais pagos, em princípio, vendiam a idéia de nos poupar de engolir esse tipo de lixo. Mas, foram bons tempos… isso já não existe mais. Nos vendem programas repetidos e outros com pouco conteúdo útil – onde imperam programas produzidos para disseminar “ciência dos nossos antepassados extraterrestres” e outras imensas doses de cultura.

Hoje, enquanto eu arrumava algumas coisas aqui onde moro, liguei a TV para quebrar o silêncio… já estava um pouco cansado das minhas playlists e optei por TV aberta. E lá estava um programa de notícias que, pelo que notei, é especializado em tragédias. Bom… confesso que é muito divertido. Vou confirmando que realmente nossa sociedade (não apenas local, mas globalmente falando) está um verdadeiro circo de horrores. Tem de tudo sobre todos os aspectos possíveis.

Parei prá assistir a matéria que ia ao ar, pois falava da região central de São Paulo, capital, local onde nasci e vivi a maior parte da minha vida. Foi chocante (só um pouquinho, claro), ouvir a repórter falando e mostrando imagens de um nóia drogado tentando extorquir dinheiro para permitir que fossem gravadas as imagens da matéria… e ainda sugeriu que o pagamento fosse por PIX. Simplesmente comecei a dar muita risada. Minha sorte é morar sózinho, pois assim são poucas as chances de alguém me taxar de louco. Eu ri, e ri muito mesmo.

Voltei ao passado, até onde lembro de ter trabalhado no centro de SP. Isso nos idos de 1971. Lugar bonito, agitado, tranquilo. Muito lixo pelas ruas, mas… faz parte do “ser brasileiro”… termos uma certa aproximação com lixo e sujeira.

Uma pesquisa rápida pelo Duck Duck Go (não sou gado, portanto não uso google) já retornou a lista de prefeitos da cidade de SP. Pesquisa rápida que se mostrou uma comédia e tragédia, simultaneamente. Mais um motivo para o besta aqui novamente dar muita risada. Convido todos a darem um pouco de risada com a lista de humoristas que administraram a cidade nos últimos 50 anos:

– Os “biônicos” e não eleitos… foram nomeados sem voto popular. Eram empossados e em muitos casos, foram remanejados para outros cargos de Estado – nível estadual ou federal. Por isso a variação no tempo de posse do cargo.

Paulo Maluf (2 anos no cargo)… é sempre difícil falar sobre este personagem. Mas a biografia dele, segundo a Wikipedia, é muito interessante e merece ser acessada. Muito difícil saber ou entender se é real… na dúvida eu só dou muita risada. Muita mesmo. Esta frase: “rouba mas faz” foi criada por seus eleitores, apesar de ser utilizada para comentar sobre certos políticos do PT.

José Carlos de Figueiredo Ferraz (2 anos e 131 dias no cargo)… grande personagem esquecido nos tempos atuais. Curriculum invejável, fez muito pela capital do Estado de SP. Foi muito criticado durante o mandato pois disse que “… São Paulo precisa parar de crescer…” em referência ao crescimento desordenado da cidade. Acabou perdendo o cargo por resultado do comentário. Hoje sabemos que sempre esteve correto nos comentários que fez.

Brasil Vita (5 dias no cargo – isso mesmo, 5 DIAS)… pois é… CINCO DIAS. Foi empossado interinamente, esteve no cargo mais por força de nomeação e menos por opção pessoal. Acredito que esse período só permitiu que usasse o banheiro da prefeitura de SP.

Miguel Colasuono (1 ano e 354 dias no cargo)… até onde eu consegui lembrar, foi um grande personagem, ainda mais pela ousadia naqueles tempos… era motociclista, grande figura e muita simpatia. Frequentava o “zerinho do Parque Ibirapuera” e mandava muito pilotando motos.

Olavo Setúbal (3 anos e 329 dias no cargo)… de todos que eu consigo lembrar, talvez o mais sério da lista. Pouca conversa e muitas obras na cidade. Até mesmo os opositores respeitavam o trabalho que ele entregava á cidade. Diz a lenda que deu propina para deputados apoiarem Fernando Henrique Cardoso para reeleição em segundo mandato. Até onde se sabe, se realmente deu propina foi do próprio bolso e não dos cofres públicos. A genealogia da família é fantástica… uma aula de história.

Reinaldo de Barros (2 anos e 307 dias no cargo)… família tradicionalmente ligada á política por ocasião da nomeação para prefeito. Não tão bom prá ser lembrado e não tão ruim para ser esquecido. Ou vice versa. Tantofazzzz.

Antonio Salim Curiati (304 dias)… tentei lembrar algo que tenha realizado no cargo de prefeito mas… não achei nada.

Francisco Altino Lima ( 57 dias)… mais um interino… trabalho importante mesmo na prefeitura, só este aqui: renomeou a Estrada do Lajeado para Avenida Nordestina (bairro de São Miguel Paulista).

Mário Covas (2 anos e 235 dias no cargo)… grande personagem!!! Foi opositor do regime militar, e, no entanto, era muito respeitado pelos militares e por todos seus opositores. Prova maior de sua seriedade foi ser de oposição e ainda assim ser nomeado prefeito de SP.

– 1986 até o presente, foram e são eleitos ou reeleitos. Foram eleitos por voto popular e, após José Serra, deixaram o cargo para concorrer em outros níveis políticos. São eles:

Jânio Quadros (3 anos)… grande personagem e muito polêmico. Foi um caso raro de transparência no uso de verbas do município. Prova disso é que bancava seus gastos pessoais do próprio bolso… por exemplo… não utilizava veículos oficiais e sim seu veículo particular durante todo o mandato, inclusive dispensando seguranças e tendo motorista particular bancado por seus próprios recursos. Sim, fez bobagem, SIM. Uma delas, talvez a mais grave, tenha sido PROIBIR SKATE nas áreas públicas da cidade. Segundo pesquisei, dizem que a Polícia Federal encontrou conta bancária no exterior com 20 milhões em seu nome. Fato é um só… diante da triste realidade da corrupção no país, foi pouco. O resto é pura polêmica.

Luiza Erundina (4 anos)… tem quem gostou e tem quem não gostou. Fato mais concreto foi eliminar uma frota do transporte urbano, criada pelo prefeito anterior e ter criado uma nova frota… o que gerou o desperdício de fundos do município. Inovou na entrega de cargos e funções dentro da prefeitura do município, eliminando dos cargos de chefia todos que fossem contrários aos ideais políticos do PT. Fato é que quem gostou se aliou aos que não gostaram… não conseguiu mais ocupar a prefeitura e muito menos ganhar visibilidade digna de nota. Deu início a uma fase negra na educação municipal, onde o impossível passou a ser possível. Resultados na educação são visíveis até hoje, visto que foram ampliados. Fez muita ação política, mas prática mesmo… só piorou a condição social da cidade e de seus habitantes.

Paulo Maluf (4 anos)… THIS IS THE MAN!!! Esse é O CARA!!! Lenda!!! Se Jânio Quadros foi acusado de corrupto por “apenas 20 milhões”, Paulo Maluf movimentou 446 milhões de dólares em contas no exterior – outros 200 milhões de dólares foram bloqueados no exterior. Foi indicado para a lista da INTERPOL por solicitação da Justiça Federal dos EUA. A lista é grande e deixo só esses dados por aqui, quem quiser procure na Wikipedia.

Celso Pitta (4 anos)… gerou o “FRANGOGATE” – alusão ao caso WATERGATE que derrubou um presidente nos EUA. Em terras das bananas, tivemos um caso envolvendo frangos e merenda escolar, o que gerou investigações que chegaram o nome do prefeito Pitta. Internet tem muita informação sobre este personagem.

Marta Suplicy (4 anos)… assumiu a prefeitura em grande estilo. Simpática, elegante, muito falante e sempre disposta para uma entrevista. Transformou o cargo em show, sempre de maneira elegante. Um luxo. Fato é que a cidade, já endividada por Erundina, Maluf e Pitta, seguiram em frente no modo DEUS NOS AJUDE. Fato: Deus não enviou ajuda. No entanto o diabo, sempre alerta, nos enviou José Serra. Ah, vale agradecer pelo crescente caos no transporte público urbano. Erundina tinha transformado tudo em caos, mas a senhora deu uma continuidade, provando que tudo pode piorar.

José Serra (1 ano e 89 dias)… político profissional. No entanto, São Paulo precisava mesmo era de um prefeito atuante, o que não ocorreu. Muito embora tenha assinado uma declaração (apresentada ao jornalista Gilberto Dimenstein) garantindo que permaneceria no cargo, caso fosse eleito. Não cumpriu e disse… “assinei um papelzinho”. Inaugurou a moda de abandonar cargo e largar a cidade aos cuidados da natureza.

Gilberto Kassab (6 anos e 276 dias)… José Serra chutou o cargo, Gilberto Kassab agarrou prá si a responsabilidade. Não vou comentar muito por aqui, mas nos arquivos da revista VEJA, existem matérias comentando sobre os 6 anos e 276 dias diante da prefeitura. Resumo… com Serra, Deus ignorou nossos pedidos de ajuda. Mas o Diabo se divertiu (e vem se divertindo muito) com a população da cidade de São Paulo. Acho desnecessário comentar sobre transporte urbano, enchentes, cracolândia, moradores de rua, abandono da periferia.

Fernando Haddad (4 anos)… no ritmo de afundar a cidade em descaso e utilizar cargo político visando promoção de partido e auto promoção, foi um sucesso. As últimas tentativas de voltar para o cenário político em eleições mostra como os eleitores de SP gostam e admiram este personagem. Alguns dizem que seu sobrenome é HaHaHaHaHaHaddad. Eu não falo nada, só dou risada. Em tempo, obrigado pela QUALIDADE DO ENSINO em nossa cidade de SP.

João Doria (1 ano e 95 dias)… Uau… Pena que marketing não soluciona enchentes. Não tira nóias das ruas. Não acaba com moradores de rua. Não soluciona tragédias sociais. Minha torcida pessoal é esta… um MILAGRE que não permita que este senhor ganhe uma eleição para presidente da república.

Bruno Covas (3 anos e 40 dias)… bom, melhor que eu não comente nada. Muito conhecido como O NETO DO MARIO COVAS. Perdi meus direitos de transporte público graças a este senhor e ao seu mentor João Doria. Serviços da prefeitura simplesmente inexistem, são apenas cabides de emprego para pessoas de sorte. São Paulo, o município, está um lixo.

Ricardo Nunes (atual)… finalmente alguém dá continuidade aos cuidados do prefeito anterior. E tenho certeza de que está obtendo sucesso na empreitada. Estamos pior do que nunca. Ricardo Nunes vem se esforçando para deixar tudo bem pior. Inexiste a OUVIDORIA DA PREFEITURA. Todo e qualquer acesso para expressar alguma indignação está perfeito agora: não tem como obter informação ou fazer reclamação. TUDO CAMINHA NO RUMO DO CAOS SOCIAL.

Um resumo próximo da realidade:

– Cracolândia… 20 anos, e acredito que em breve teremos comemorações sobre isso. Tipo um feriado municipal para celebrar o evento. Talvez algum vereador apresente um projeto para mudar o nome do bairro para Cracolândia… quem sabe né? Bom saber que desde a criação do projeto (deve ser isso… projeto de longo prazo), todos os prefeitos subsequentes estão se empenhando em estruturar bem o projeto.

– Enchentes… parabéns ao prefeito atual e aos anteriores, desde os anos 1980. Acredito que São Paulo seja um modelo a ser seguido. Belo Horizonte e Rio de Janeiro, por exemplo, devem estar seguindo nossos modelos de planejamento para evitar enchentes. No rumo atual, em breve todo o município será um piscinão… e PLIM… problema resolvido.

– Transporte público… igualmente um modelo a ser seguido. Poucos ônibus municipais e muitos passageiros. Esqueçam isso… São Paulo é um modelo neste quesito. Principalmente desde o ínicio da pandemia, onde os prefeitos tiveram a iniciativa de IMPEDIR PROXIMIDADE NOS TRANSPORTES PÚBLICOS URBANOS. Sempre temos veículos novos, confortáveis e sem aglomeração, permitindo que nós, utilizadores, não formemos grupos de risco com possível contaminação por COVID-19.

– Obrigado por tirar o benefício do transporte municipal e também do Metrô (por consequência) aos idosos que estão na faixa etária dos 60 aos 65 anos. Os “jovens” desta faixa etária agradecem por perderem esse direito, nomeadamente os que estão desempregados, não são beneficiários de aposentadoria e não tem recursos próprios ou mesmo familiares que possam auxiliar na sobrevivência diária.

– Atendimento social… o CRAS-SP, administrado (???????) pela Prefeitura de SP é uma maravilha. Acesso muito fácil por aplicativo ou internet. Ideal para quem tem acesso a alguma dessas modalidades. Pessoas em necessidade social, NÃO TEM CELULAR OU ACESSO A INTERNET… NÃO TEM NOTEBOOK, CELULAR, REDES WIFI… aliás, não tem nem comida no prato. Não tem emprego.

Enfim, resta dar risada. Afinal, RIR não é algo que a Prefeitura de SP forneça. É GRÁTIS. Não precisa agendar, ter celular, aplicativo. Não precisa ligar prá nenhum 153, 156… ou qualquer outra porra de serviço do tipo 15-qualquermerda. Qualquer bordel ou puteiro é melhor administrado…

Vale lembrar que eu comento pois nasci nesta cidade. Tive oportunidade de morar em outras cidades e jamais critiquei nenhuma delas, pois não seria correto… afinal, sempre fui bem acolhido… mas… São Paulo… triste vivenciar O LIXO E O CAOS EM QUE ESTAMOS MERGULHADOS.

Ser paulistano deixou de ser orgulho fazem décadas. Atualmente, é motivo de VERGONHA.

É motivo sim, de MUITAS RISADAS. Vou lá dar risada e volto outro dia.

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Em tempo, não inventei nada, as fontes que usei são: Duck Duck Go para pesquisa e informações disponíveis na Wikipedia. Portanto… sem mimimi, não encham meu saco com comentários.

Citei um trecho da música “O TEMPO NÃO PARA”… foi gravada por Cazuza, mas a internet dá como autores uma parceria entre ele e mais alguém… não vi consenso sobre possíveis co-autores. Lamento se houver incorreção.